terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Amo-te

Amo-te, isso faz de mim um errante,mas, ainda apaixonado homem. Vou aprender a fazer poesia, pois eu nada sei de versos ou rimas, já tenho dito. Amo-te apenas. E tu não me amas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário